O corpo fala

O corpo fala

Sim, fala das dores da decepção, falta de atenção por não ser “importante”, a falta da família.

Tudo isso se resume em algo, a “dor da alma” que gera dor física e, é obvio que como consequência surgem as doenças.

Na medicina tradicional chinesa aprendemos que o tratamento vem do interior para o exterior.

Eu digo sempre aos meus pacientes que cuidem de suas emoções, não devemos tratar somente sintomas sem tratar o que gera a enfermidade, somente assim extinguimos a doença.

Toda cura real somente acontece do interior para o exterior, portanto eu digo, quando for ao médico diga sim as suas dores, conte a ele que a azia lhe incomoda, mas, investigue o motivo pelo qual você com seu gênio aumenta a produção de acido estomacal. Fale sobre a diabetes que você apresenta, no entanto não se esqueça de dizer que não encontra mais doçura na vida, que esta difícil suportar as frustrações que você acumulou durante a jornada.

Mencione que você sofre de enxaqueca porém confesse que você padece com seu perfeccionismo e auto critica, que você é muito sensível a critica alheia e demasiadamente ansioso.

Todos querem a cura de suas dores e males camuflados há muito tempo, porém, poucos estão dispostos a neutralizar em si o que é necessário, o ácido da calunia, o veneno da inveja, o bacilo do pessimismo e o câncer do egoísmo. Não querem uma mudança na vida.

Procuram a cura de um câncer, mas, recusam a curar suas mágoas, pretendem desobstruir as artérias coronárias, mas, querem continuar com o peito fechado, fechado com o rancor e agressividade.

Almejam a cura de problemas oculares, todavia não retiram dos olhos a venda do julgamento e da maledicência, pedem solução para depressão, entretanto não abrem mão do orgulho feridos e do forte sentimento de decepção em relação as perdas experimentadas , suplicam auxilio para problemas da tireoide mas, não cuidam das suas frustrações e ressentimentos não levantam a voz para expressar suas legitimas necessidades . Imploram a cura de um nódulo da mama, todavia insistem em manter bloqueada a ternura e afetividade por conta das feridas emocionais do passado.

As pessoas clamam por uma interseção divina mas, o que elas não notam é que permanecem surdas aos gritos de socorro que parte das pessoas muito próximas de si.

Deus nos fala através de infinitos modos, a enfermidade é um deles e, por certo o principal recado que lhe chega da sabedoria divina é que está faltando mais amor e harmonia em sua vida.

Toda cura é sempre uma auto-cura! Conheça mais sobre a Clínica Madu, marque seu horário pelo telefone (11) 4445-5852.

Texto por: Gilberto Rodrigues Santos

Clínica Madu

Endereço: Rua Padre Aquiles Silvestre, 234 - Caieiras, SP - Próximo ao cemitério no Centro de Caieiras (veja no mapa)
Telefone: (11) 4445-5852